As últimas de Tangamandápio

“Eu vou a Acapulco tomar banho de mar…”

Archive for agosto \29\UTC 2008

Rogério Skylab – Eu Tô Sempre Topado

Posted by janacastanha89 em agosto 29, 2008

Acrecento mais uma categoria com o intuito de entreter os possíveis usuários que acessam meu Blog.

Todos os domingos, a GNT disponibiliza o programa “Semana do Jô”, com as melhores entrevistas da semana no “Programa do Jô”. E uma delas, em especial, foi do músico, cantor e compositor Rogério Skylab. Ele compõe músicas vindas do dia-a-dia.

“Eu Tô Sempre Dopado” me fez rir muito. O jeito como Rogério se contorce mistura sofrimento com a vontade incontrolável de segurar uma risada.

Vejam por si mesmos.

Posted in Vídeos engraçados | Leave a Comment »

Papagaio bilíngüe

Posted by janacastanha89 em agosto 22, 2008

Um homem estava passando por uma calçada, e pára assim que lê um anúncio na janela de um Pet Shop: “Papagaio bilíngüe. Promoção por tempo limitado”.

Curioso, resolve entrar para conferir. Logo em seguida, um atendente vem ao seu encontro.

– Bom dia, senhor.

– Bom dia – responde o homem – Eu acabei saber que vocês tem aqui um papagaio bilíngüe.

– Pois hoje é o seu dia de sorte! Venha, me acompanhe.

O cliente segue o funcionário até um poleiro, onde um papagaio com ar de espertalhão os observava com curiosidade.

– É este aqui, senhor – apontou o vendedor para o papagaio – Se ele levantar a perna direita, fala em inglês; se levantar a esquerda, fala em francês.

– E se ele levantar as duas? – questionou o homem.

O papagio devolveu, mal-educado:

– Aí eu caio, idiota!

Posted in Piadas | 4 Comments »

The Wonders: O Sonho Não Acabou

Posted by janacastanha89 em agosto 21, 2008

Assim que eu ouvi a música “That Thing You Do”, simplesmente pirei!

Na realidade, era para a canção ser calma (foi o vocalista quem a compôs, que por sinal namora a personagem da atriz que é filha de Steve Tyler, Liv Tyler) mas, como é descrito no filme, o baterista ficou nervoso, e acabou se empolgando. Daí, nasceu o mais famoso single desta banda fictícia.

Certo, eu achei uma baita de uma sacanagem. Afinal, pensei que ela existisse mesmo.

O “músico” mais engraçado, na minha opinião é o bonitão Lenny Haise (Steve Zahn), que em todo o desenrolar do filme, sempre está com uma garota. Quase no fim, ele se casa, e se diz feliz e realizado. Qual é a surpresa do público quando os créditos aparecem, mostrando o que cada integrante está fazendo: e ele está solteiro!

Agora, fiquem com “That Thing You Do”.

Posted in Filmes | 5 Comments »

Poema ecológico

Posted by janacastanha89 em agosto 20, 2008

Para comemorar a 50ª postagem de “As últimas de Tangamandápio, deixo para vocês um poema que faz muito sentido.

O coelho comeu o capim.

O coelho a raposa comeu.

A onça comeu a rapoza.

De velha a onça morreu.

No lugar onde foi enterrada, capim nasceu!

Posted in Poemas | 1 Comment »

Abertura do desenho “Cavalo de Fogo”

Posted by janacastanha89 em agosto 18, 2008

Eu achava superinteressante quando o Cavalo de Fogo buscava a Sara por um portal, levando-a para um lugar que nem ao menos ela sabia que existia.

E o cavalinho Brutus? Atrapalhado que só vendo!

“No meu sonho eu já vivi

Um lindo conto infantil

Tudo era magia

Era um mundo fora do meu

E ao chegar desse sono, acordei…”

Cavalo de Fogo foi um desenho animado da década de 1980 produzido por Hanna-Barbera originalmente para exibição na rede de televisão norte-americana CBS. No Brasil foi exibido pelo SBT. Contava as aventuras de Sara, uma garota de 13 anos crescendo no oeste norte-americano, que descobre ser princesa de uma outra dimensão. Sara tornava-se amiga de uma cavalo desta outra dimensão, o Cavalo de Fogo do título.

Posted in Aberturas inesquecíveis | 4 Comments »

O Orkut é uma versão aperfeiçoada do Myspace

Posted by janacastanha89 em agosto 16, 2008

Obs: coloquei uma foto da Vera Verão (Que descanse em paz) por causa de uma comparação muito engraçada que o Pânico na Tv fez entre ela e a Gisele Bündchen, dizendo que a  pessoa de Vera era uma versão aperfeiçoada da modelo, em uma redublagem do filme “300”.

Não acreditei no que a minha irmã disse para mim. O Orkut, este belo mecanismo de vasculhar a vida alheia que utilizamos no nosso dia-a-dia é praticamento o Myspace completamente modificado e de agradável aparência aos nossos olhos.

Adicionar vídeos, trancar fotos e comentá-las, permitir que somente seus amigos visualizem seu perfil, são as principais idéias que fizeram do Orkut a maior rede de relacionamentos do mundo.

Agora eu fiquei encucada: quer dizer que o meu Orkut é um Myspace aperfeiçoado? Mais que coisa sem fundamento!

Bom, independente de ter sido criado à partir de itens que já existim no Myspace, temos que confessar que o Orkut é lá um mal necessário para todos. Graças ao Orkut, reencontrei velhos amigos, e uma delas, em especial, foi a minha amiga de prezinho, Roberta!

Faziam mais de 7 anos que não a via, mas ano passado, a danada me encontrou! E isto pôde acontecer pelo motivo de eu ter postado um tópico de uma escola em que estudamos, perguntando quem era da minha época.

Eu sei que vai chegar uma hora em que vou enjoar do meu Orkut e vou cometer orkuticídio, mas, no momento, vou continuar a passear pelos perfis deste panorama exótico.

Obs nº 2: minha irmã não tem mais Orkut, acreditando na idéia de que ter um perfil neste site já virou modinha. Simplesmente não deleto minha conta porque tenho muitos amigos, e que como tal, sempre desejo saber como estão, o que andam fazendo de bom… Ah, é claro: é sempre bom conhecer pessoas novas.

Viva o Myspace!

Posted in Orkut | 3 Comments »

A arte de empinar pipa

Posted by janacastanha89 em agosto 14, 2008

Quando eu era criança, digamos que eu era muito moleca. Além de brincar de todas as coisas de menina, eu também gostava muito das coisas que os meninos brincavam. Isso explica o fato de eu ter tantos amigos do sexo masculino… hehehe

Bolinha de gude, pião, carrinho… E por aí vai. Posso dizer que aproveitei a minha infância como se ela fosse eterna. Não dava bola para algum engraçadinho que soltava comentários como “Maria João” ou até mesmo “Uuuuuu, que menina delicada!”

Bom, vamos ao que o título desta postagem que interessa.

Eu empinei muita pipa. Mas a que eu mais adorava era a famosa “pipa de saco”, que nada mais, nada menos, era a própria sacolinha de carregar compras no supermercado. Eu pegava um bom pedaço das linhas de costura da minha mãe, enrolava em um pregador ou até mesmo lápis, amarrava um nó, fechando o saco e… Voe!

Não era necessário rabiola, já que a mesma ia em direção ao céu, totalmente inflada. Eu morava no último andar de um prédio, e quando o vento vinha muito forte, a pipa se enganchava no telhado! E para tirar era um sacrifício. Ou tentava pegar de volta, ou fazia outra.

Os meninos daqui da minha rua, colocam cerol nas linhas, e ainda por cima empinam pipa perto de postes de eletricidade. Sem contar das vezes em que os papagaios deles caem no meu telhado, e eles ficam cutucando com paus, gritando uns para os outros que pegaram a pipa de fulano, que ciclano vai ter o que merece… Que meninos atribulados! E quem sofre são os meus ouvidos.

Obs: a inspiração me veio à tona quando, ontem, à caminho da Facul, eu vi um rapaz aparentando ter 16, 17 anos empinando pipa em cima de um telhado. Estava muito escuro, e só o Senhor sabe o milagre de ele não ter caído com a cara no chão.

Procurar um lugar longe da urbanização para empinar papagaio é uma boa idéia de se evitar acidentes.

Posted in Coisas da minha infância | 2 Comments »

Dinheiro muito bem investido

Posted by janacastanha89 em agosto 11, 2008

A mãe resolve levar seu filho ao parque de diversões. Assim que chegam ao local, o menino começa a conversar com a figura materna:

– Mamãe, me dá dinheiro?

– Para quê você quer o dinheiro, filho? – pergunta a mãe.

– Ah, é que vou dar para um velhinho.

A mãe, comovida com a atitude do filho, lhe entrega o dinheiro.

– Para qual velhinho você vai dar o dinheiro, meu anjo?

– Para aquele que está gritando: “Olha a pipoca quentinha!”

Posted in Piadas | 2 Comments »

Feliz Dia dos Pais!

Posted by janacastanha89 em agosto 10, 2008

Obs: Esta sou eu com o meu pai!

Em especial, ao meu querido papai! hehehe

Acredito que todos os dias é Dia dos Pais, afinal não é preciso esperar um único dia do ano para dizer que ama seu pai, dar um abraço caloroso, dar o presente que ele tanto queria, mesmo que ele faça questão de dizer que não precisava, com modéstia (mas no fundo, sabemos que eles gostaram!)

Foi este homem especial que te ensinou a andar de bicicleta, quem te levou ao parquinho quando pequeno (a), quem deu uma bronca para lhe corrigir por uma arte que você fêz, quem sempre deu uma palavra de apoio, que sempre o levou ao médico quando estava doente…

O senhor Edisio é quem me diga! Até o nome dele o faz uma pessoa diferente das outras, já que sua graça não tem um significado conhecido.

Aproveitando esta data, vou contar uma história que meio que se repete por quase todos os dias:

Quando estou em meu quarto, independente de estar lendo, escrevendo ou até mesmo assistindo Tv, lá vem a grave voz do meu pai a ecoar pelas escadas:

– Jana! Ô Jana!

Daí, eu desço preocupada, já que quando o meu pai me chama dessa forma, é por causa importante.

– Diga – eu respondo, educadamente.

– Vai guardar a comida que está em cima do fogão na geladeira, para não estragar.

Neste momento, eu fico tão indignada, afinal eu me considero uma boa dona de casa, e sei que os alimentos devem ser postos na geladeira, para que não azedem ou estraguem!

Bom, meu pai me chama pelo meu nome ( Janaína) quando realmente é preciso, como o fato de ele estar ligando para um parente distante e dizer que eu quero falar com a pessoa do outro lado da linha (mas eu nem me ofereci para tal!).

– Ô Janaína, vem falar com sua tia.

Eu estaria enganada se disesse que meu pai é perfeito, mas ele não é. Como todo o ser humano, ele tem as suas falhas e defeitos. Mas mesmo assim o amo muito! E vou aproveitar a presença dele neste mundo ao máximo, para assim, quando ele não estiver mais comigo, eu olhe para os meu filhos e diga:

– Seu avô foi um grande homem. E estou repassando para vocês o que ele me ensinou: a ser uma pessoa de bem.

Feliz Dia dos Pais, pai!

Posted in Cotidiano | 1 Comment »

Professor Girafales fuma em plena sala de aula

Posted by janacastanha89 em agosto 1, 2008

É de se esperar que o rendimento escolar da 2ª série, do qual o mestre Girafales leciona está abaixo da média. Porquê o mesmo está sempre a fumar nas aulas.

Este fato pode ser um dos principais fatores que levam seus alunos a não estudarem como deveriam. Claro, pois este homem de alta estatura não é lá um bom exemplo para as crianças. Tantas campanhas de conscientização, alertando as pessoas de que fumar é um péssimo hábito, e Girafales parece não se importar.

Chaves confessou que gostaria de ser dono de um restaurante com muita comida (do qual, se trancaria dentro do recinto e comeria tudo o que visse, deixando algumas pessoas entrarem), e para tanto, necessita que termine o ensino fundamental, ensino médio, para assim poder ter chances de ingressar em uma faculdade.

Certo dia, Girafales perguntou ao aluno Frederico (ou conhecido afetuosamente como “Quico ou até mesmo “Kiko”) qual alimento contém fósforo. Frederico disse que não sabia, e então o professor lhe respondeu, como exemplo que peixe era uma fonte rica em fósforo, ótima para a inteligência. O menino acrescentou que, “como se pode acender um fósforo debaixo d’água?”… É de se prever o quanto Girafales ficou decepcionado.

Chiquinha, uma aluna franzina, ainda completou que Frederico, então precisa comer uma baleia todos os dias.

Bom. Nada mais a declarar. Está mais do que comprovado que estas crianças, que assim como Girafales nomeia, “serão o futuro da pátria”. Desta maneira, tudo voltará à Idade Média novamente.

Posted in Notícias de famosos | 2 Comments »