As últimas de Tangamandápio

“Eu vou a Acapulco tomar banho de mar…”

Archive for the ‘Orkut’ Category

Por que tem gente que tira foto assim?

Posted by janacastanha89 em outubro 29, 2008

Obs: Meu intuito não é difamar a imagem da pessoa acima. Muito pelo contrário. É somente um demostrativo, para quem quer que leia esta postagem concorde com a minha linha de pensamento.

Obs nº2: E que a garota acima venha a me perdoar por eu ter citado sua foto no meu humilde Blog.

Orkut. Um site de relacionamentos que a cada dia conquista mais e mais usuários.

Orkut. Uma maneira de conhecer novas pessoas, e reencontrar grandes amigos.

Orkut. Um bem e um mal da vida de namoros e casametos.

Se tem uma coisa que eu não entendo é o fato de muitas pessoas tirar foto de frente para o espelho. É só pegar a câmera, mirar no seu reflexo e pronto! A foto ficou linda! rsrs

Pior é quando você fuça o Orkut de alguém, e lá está, um álbum INTEIRO da mesma pessoa, e com a mesma posição. E ainda o indivíduo em questão diz que elas são diferentes! ” Ah, meu… Essa aqui eu saí mais feliz”, “Ah, meu, aqui meu cabelo estava mais arrumado”.

O máximo que eu faço é posicionar a câmera na minha frente, e apertar o botão do flash. E como eu tenho braços pequenos, fica mais complicado. Mas depois de 30 tentativas, eu consigo uma foto razoavelmente boa.

Ah, tem também o biquinho. E eu pergunto: POR QUÊ? Você está mandando beijo para quem? Para o espelho? Está com vontade de beijar o seu eu do outro lado? Espera que ele te beije de volta?

Eu sei fazer coisas muito mais interessantes com meus lábios, e não vou ficar perdendo meu tempo precioso com tais inutilidades.

Posted in Orkut | 4 Comments »

O Orkut é uma versão aperfeiçoada do Myspace

Posted by janacastanha89 em agosto 16, 2008

Obs: coloquei uma foto da Vera Verão (Que descanse em paz) por causa de uma comparação muito engraçada que o Pânico na Tv fez entre ela e a Gisele Bündchen, dizendo que a  pessoa de Vera era uma versão aperfeiçoada da modelo, em uma redublagem do filme “300”.

Não acreditei no que a minha irmã disse para mim. O Orkut, este belo mecanismo de vasculhar a vida alheia que utilizamos no nosso dia-a-dia é praticamento o Myspace completamente modificado e de agradável aparência aos nossos olhos.

Adicionar vídeos, trancar fotos e comentá-las, permitir que somente seus amigos visualizem seu perfil, são as principais idéias que fizeram do Orkut a maior rede de relacionamentos do mundo.

Agora eu fiquei encucada: quer dizer que o meu Orkut é um Myspace aperfeiçoado? Mais que coisa sem fundamento!

Bom, independente de ter sido criado à partir de itens que já existim no Myspace, temos que confessar que o Orkut é lá um mal necessário para todos. Graças ao Orkut, reencontrei velhos amigos, e uma delas, em especial, foi a minha amiga de prezinho, Roberta!

Faziam mais de 7 anos que não a via, mas ano passado, a danada me encontrou! E isto pôde acontecer pelo motivo de eu ter postado um tópico de uma escola em que estudamos, perguntando quem era da minha época.

Eu sei que vai chegar uma hora em que vou enjoar do meu Orkut e vou cometer orkuticídio, mas, no momento, vou continuar a passear pelos perfis deste panorama exótico.

Obs nº 2: minha irmã não tem mais Orkut, acreditando na idéia de que ter um perfil neste site já virou modinha. Simplesmente não deleto minha conta porque tenho muitos amigos, e que como tal, sempre desejo saber como estão, o que andam fazendo de bom… Ah, é claro: é sempre bom conhecer pessoas novas.

Viva o Myspace!

Posted in Orkut | 3 Comments »

Eu já fui um zigoto

Posted by janacastanha89 em junho 22, 2008

Eu vi algumas comunidades no Orkut que me deixaram muito indignada!
Nem sei como tem gente com o cérebro do tamanho de uma ervilha…

“Eu já fui um espermatozóide”, “Fui um espermatozóide vencedor”, “Já morei no saco do meu pai”.

Genteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!

Para início de convesa, eu estou aqui primeiramente pela vontade do Altíssimo e pela safadeza dos meus pais… auhsasuausasuasuasash

Pelo que eu saiba, eu vim de um espermatozóide e de um óvulo. Cada um com 23 cromossomos para formar uma célula-ovo com 46 cromossomos. Daí então, me tornei um zigoto.

Se eu tivesse vindo mesmo de um espermatozóide, o mesmo já teria os 46 cromossomos já somados, e a minha mãe ficaria com o trabalho todo de me alimentar e segurar a gravidez por 9 meses. E eu, com certeza de 100%, não me pareceria em nada com a minha mãe, já que os possíveis cromossomos do meu pai teriam todas as características dele.

Esse povo nunca ouviu falar de aula de ciências ou biologia? Acorda para o mundo, bando de desinformados! Vão vender moranguete no farol!

Posted in Orkut | 1 Comment »

Orkut já foi bom…

Posted by janacastanha89 em junho 17, 2008

Ah, eu fico aqui me lembrando do tempo em que o Orkut era azul, e que você podia somente colocar 12 fotos! rsrs

Era possível também curiar o perfil dos outros, sem que você fosse descoberto… E agora? Colocam esse sistema de “últimas pessoas que visitaram seu perfil”. Por um lado eu gostei, porque assim eu mando um scrap muito do “educado” para quem acessou o meu lindo profile e nem ao menos deixou um scrap! (faço isso, na maioria das vezes com meus amigos sumidos!).

Todo mundo está trancando suas fotos, seus vídeos, recados, depoimentos, feeds… Só falta também trancar as comunidades… Aff. O único meio de você tentar conhecer um pouco mais aquela pessoa em especial, (hum?) é pelas comunidades em que ela está participando.

Ah, sabe o que virou moda também? Apagar recados! “Leio, respondo e apago”. Se quiser ter privacidade, saia do Orkut! Teu Orkut está lá para ser fuçado mesmo! E se tu não tiver devendo nada a ninguém, pra quê isso? Te dou uma dica: tranque seus recados! Deixe que somente seus amigos vejam! É tão simples!

A única coisa que eu deixo com cadeadinho são as minhas fotos, porque eu acredito que se uma pessoa me visitar e me achar legal, que seja pelo meu perfil e não pelas fotos.

Tem tanta gente que te adiciona porque achou suas fotos legais, e mais nada! Nem um recadinho se quer o(a) nazarento (a) te manda!

Posted in Orkut | 6 Comments »